fbpx

Estratégias para recuperar o carrinho abandonado

17.05.21

Abandono do carrinho – é um triste fato da vida de varejistas que possuem ecommerce.

Como comprador, você provavelmente já abandonou muitos carrinhos. Como varejista, você geralmente deseja que mais pessoas concluam a compra em vez de deixar seus carrinhos para trás.

Mas você pode fazer algo sobre o abandono do carrinho na sua loja e recuperar algumas dessas vendas perdidas?

Você certamente pode, mas há muitas áreas diferentes para navegar e melhorar. É por isso que criamos este guia detalhado para desmistificar completamente o abandono do carrinho do ecommerce.

O que iremos ver:

O que é o carrinho abandonado, junto com algumas estatísticas importantes sobre o problema.
Por que as pessoas abandonam seus carrinhos.
Como você pode reduzir o abandono do carrinho para obter mais receita.
Como você pode recuperar os carrinhos que foram abandonados (porque você nunca terá sua taxa de abandono zero).

Preparado? Então vamos lá.

O que é o carrinho abandonado?

Vamos começar com uma definição de carrinho abandonado. O abandono do carrinho ocorre quando os compradores online adicionam itens ao carrinho de compras e saem do site antes de concluir a venda.

Isso acontece muito, inclusive, a taxa média de abandono de carrinho de comércio eletrônico em 69%, segundo estatísticas.

As taxas de abandono do carrinho são ainda maiores em dispositivos móveis. Os dados da Barillance mostram uma taxa de 73% em desktops, 80,7% em tablets e incríveis 85,6% em telefones celulares.

Mas não é uma causa totalmente perdida. Otimizar o processo de checkout pode ajudar os sites a aumentar as conversões em 35%. Na verdade, como um todo, os varejistas de ecommerce poderiam recuperar até bilhões (sim, bilhões) em receita com apenas algumas melhorias.

Veremos algumas maneiras de fazer isso posteriormente neste guia, mas, primeiro, vamos examinar os principais motivos para o abandono do carrinho nas lojas virtuais.

Principais motivos para abandono do carrinho

Existem vários estudos sobre as razões para o abandono do carrinho. Além dos dados de Baymard, o Statista também tem algumas estatísticas interessantes.

Nós os combinamos para criar uma lista das principais causas de abandono do carrinho de compras.

1. Custos de envio e prazos de entrega

O envio é um grande problema para muitos compradores. O Futuro do Varejo da Walker Sands diz que 80% dos compradores citam o frete grátis como o principal incentivo para fazer compras online. Quando o frete não é gratuito, eles estão definitivamente menos interessados. Na verdade, estatísticas dizem que 63% dos compradores abandonarão seus carrinhos se descobrirem que os custos de envio são muito altos.

Relacionado a isso, o tempo de envio também é um fator importante no abandono do carrinho no comércio eletrônico. Walker Sands indica que a remessa rápida motiva 54% dos compradores a comprar. Então, se um item vai demorar muito para chegar, muitos compradores vão deixá-lo no carrinho e procurar uma opção mais rápida.

Além disso, os clientes odeiam surpresas, então descobrir os custos de envio apenas no final do processo de checkout é outra grande desvantagem. Cerca de um quarto dos compradores abandonarão os carrinhos se não conseguirem calcular facilmente os custos de envio.

2. Preço complicado ou alto

Mas os custos de envio não são os únicos custos que importam para os clientes. O preço, em geral, também é um fator.

O problema é o seguinte: os visitantes do seu site não querem fazer contas complicadas de cabeça para descobrir o que algo vai custar. Se eles não puderem ver de forma rápida e fácil o que devem, 28% deles abandonarão toda a experiência.

Além disso, se os preços parecerem muito altos, os compradores mudarão de ideia. Já iremos ver algumas maneiras de resolver isso na sequencia.

3. Eles não estão prontos para comprar

Muitas pessoas adicionam itens aos carrinhos de compras apenas para controlá-los. Como você pode acessar seu carrinho de qualquer página da maioria dos sites de comércio eletrônico, é um lugar prático para guardar itens que você pode querer comprar. Isso não significa que eles estão realmente prontos para finalizar a compra.

40% das pessoas estão simplesmente navegando, enquanto 38% das pessoas ainda estão pesquisando. As boas notícias? Algumas dessas pessoas podem voltar para fazer uma compra. Mas isso só se não houver outros gargalos.

4. Experiência ruim no site

As estatísticas mostram que o abandono do carrinho nos ecommerces não se trata apenas do que acontece na finalização da compra (embora veremos isso em um minuto). A experiência geral de usar seu site tem um grande impacto sobre se as pessoas compram ou abandonam seus carrinhos. Aqui estão alguns problemas que surgem.

A navegação ruim no site é um problema para 16% dos compradores online. É definitivamente um desvio quando você chega em um site e não consegue encontrar facilmente os itens que deseja comprar. Claro, em um site de moda, a maioria das pessoas provavelmente pode localizar moda masculina ou feminina, mas quão fácil é cavar e encontrar uma determinada marca de roupas esportivas ou um certo tipo de calçado?

Acrescentamos ainda que 20% das pessoas abandonarão seus carrinhos se o site falhar ou apresentar erros graves.

Aqui está o resultado: a maioria dos visitantes não se preocupará em descobrir como obter as informações de que precisam. Se seu site não funcionar para eles, eles simplesmente irão para outro lugar.

5. Sua loja ou seu site não são otimizados para celular

Mais e mais pessoas estão comprando por meio de seus dispositivos móveis, portanto, a experiência do usuário móvel é uma consideração vital quando se trata de reduzir a taxa de abandono do carrinho nas lojas virtuais. De acordo com Walker Sands, 85% dos consumidores têm aplicativos de compras móveis e 66% usaram esses aplicativos para comprar algo. A taxa de compradores que começam compras em desktops e as concluem em dispositivos móveis aumentou 259%.

Enquanto isso, como mencionamos anteriormente, a taxa de abandono do carrinho móvel é ridiculamente alta. Os usuários de dispositivos móveis abandonarão rapidamente os sites que não são otimizados para dispositivos móveis, não funcionam bem e não carregam rapidamente – e isso antes mesmo de chegarem ao carrinho de compras. Esse problema só vai piorar à medida que os consumidores passarem a esperar uma experiência de plataforma cruzada perfeita.

6. Aborrecimentos de checkout

No caixa, há um monte de aborrecimentos que fazem as pessoas abandonarem seus carrinhos de compras. Por exemplo, a necessidade de criar uma conta antes de comprar é um problema para 37% das pessoas.

Mas a criação de contas não é o único desvio para os compradores. Processos de checkout complicados também podem afastá-los, especialmente se partes do processo não funcionarem. Se você pensar bem, todos nós já desistimos de checkouts difíceis antes. Seus clientes fazem o mesmo, por que seria diferente?

Falaremos sobre como resolver alguns dos principais incômodos de checkout na seção sobre como consertar o abandono do carrinho no seu ecommerce.

7. Problemas de pagamento

Mesmo quando os clientes passam do carrinho para a página de finalização da compra, ainda há potencial para desastres. Algumas pessoas abandonam os checkouts porque não veem o método de pagamento que desejam (8%) ou porque seu cartão de crédito foi recusado (4%).

Finalmente, há outro problema relacionado ao pagamento: confiança.
19% dos compradores abandonam os carrinhos porque não confiam nos sites com suas informações de pagamento.

A confiança é um grande problema online e existe uma diferença de idade. As estatísticas do estudo de Uso do consumidor e comportamento digital mostram que os mais jovens estão muito mais dispostos a fornecer informações pessoais do que os mais velhos.

Portanto, se você notar que os abandonadores do carrinho ficam mais velhos, pense em algumas maneiras de reconquistar a confiança deles. Vamos ajudá-lo com isso e com outros problemas de abandono de carrinho de comércio eletrônico na próxima seção deste guia.

Como corrigir o abandono do carrinho de comércio eletrônico

O abandono do carrinho é um grande problema, mas não é um problema que não pode ser resolvido. Além de fornecer soluções para os problemas identificados anteriormente, sugeriremos algumas outras melhorias gerais para seu site ou loja virtual.

1. Ofereça frete grátis (ou com desconto)

Dadas as estatísticas que compartilhamos anteriormente, é fácil oferecer frete grátis na sua loja virtual. Uma vez que é um problema para muitos compradores, essa solução por si só pode fazer uma grande diferença na receita. Se os compradores tiverem que escolher entre sites que oferecem frete grátis e aqueles que não oferecem, você já sabe qual eles escolherão.

Mas aqui está o problema. Se você oferecer frete grátis, conte ao mundo. Não enterre as informações no rodapé do seu site, onde os compradores precisam de um microscópio para encontrá-las. Coloque um banner grande e em negrito em sua página inicial e no topo de cada página.

“Estudos têm mostrado que quanto mais cedo no processo de finalização da compra um cliente conhece o custo de remessa e os detalhes de tempo, menor é a probabilidade de ele abandonar o carrinho”, informa Ryan BeMiller da Shopping Signals.

Mas tenha cuidado ao oferecer frete grátis ou com desconto, pois você não deve perder o frete. Você precisa ter certeza de que tem margem suficiente sobre seus produtos para cobrir os custos de envio. Uma maneira de fazer isso é oferecer um limite. Ou seja, só ofereça frete grátis quando o tamanho do carrinho atingir um valor específico em reais. Dessa forma, mesmo que a margem de um produto não cubra os custos de envio, um carrinho com dois ou três itens para atingir o limite pode, em conjunto, ter margem suficiente para fazê-lo funcionar. Faça as contas e certifique-se de não perder dinheiro ao oferecer frete grátis – mais vendas não valem a pena se você estiver no vermelho!

Se você usar um limite de frete grátis, informe os compradores quando eles se qualificarem ou quanto mais precisam gastar para isso. O frete grátis aumenta a probabilidade de os visitantes comprarem cinco vezes, portanto, não tenha vergonha de compartilhar esse benefício.

Bônus: um limite para o frete também pode aumentar o valor médio do pedido.

Resumindo: custos de envio imprevistos ou muito altos são um dos maiores motivadores para o abandono do carrinho. Se você tiver as margens para apoiá-lo, oferecer frete grátis ou com desconto é uma forma comprovada de aumentar as taxas de checkout. Use um limite de valor mínimo do pedido para proteger as margens e aumentar o valor médio do pedido.

2. Use psicologia para preços (e mais)

Quando se trata de fazer com que os visitantes aceitem seus preços, a psicologia é metade da batalha. Aqui estão algumas estratégias que podem te ajudar:

► Opções de oferta
Colocar um item que você vende lado a lado com outro mais caro pode deixar os visitantes mais dispostos a comprar o item original. Acreditamos que isso ocorre porque os visitantes gostam de ter a chance de comparar para que possam avaliar o valor de cada produto.

► Evite a paralisia da análise
Ao mesmo tempo, você não quer ter tantas opções que os visitantes tenham problemas para se decidir. Isso é chamado de paralisia da análise, e os visitantes que a experimentam podem simplesmente desistir e deixar os itens no carrinho. Uma maneira de evitar a síndrome de paralisia da análise é com uma tabela de comparação, algo que muitos sites de comércio eletrônico usam.

► Acerte os números
Existe toda uma ciência em torno de itens de preços para torná-los mais atraentes. E uma das grandes conclusões é que o número 9 funciona. Por alguma razão, um item que custa R$4,99 é mais atraente do que um que custa R$5,00. Mas, você sempre tem que testar.

► Evite surpresas
Como vimos, as pessoas não gostam de surpresas no caixa. Portanto, se houver um custo associado ao envio do item, deixe isso claro no minuto em que chegar à página do carrinho (ou, se possível, ainda mais cedo na página do produto). Ajuda a construir confiança. Esse também é um ótimo lugar para oferecer opções de envio, caso os clientes queiram pagar um valor extra para obter os itens mais rapidamente.

Resumindo: truques psicológicos, como exibir um item de alto custo ao lado de um de custo mais baixo, podem ser uma boa maneira de estimular os clientes a finalizar a compra. Lembre-se de que custos inesperados são uma grande causa de abandono do carrinho, portanto, certifique-se de que o preço com tudo incluído seja mostrado claramente antes da página de finalização da compra.

3. Persuadir os clientes a comprar

Se os clientes não estão prontos para comprar, eles simplesmente não estão. Mas você pode aumentar a probabilidade de que eles comprem, sendo persuasivo. Isso começa antes do carrinho com a página do seu produto ou serviço.

Robert Cialdini acredita que existem seis princípios que orientam o comportamento das pessoas:

Reciprocidade – se você recebe algo, quer retribuir
Escassez – se o produto é exclusivo ou limitado, geralmente as pessoas querem mais
Autoridade – se você é um especialista confiável, as pessoas confiam mais em você
Consistência – quando as pessoas assumem um compromisso, gostam de cumprir
Gostar – se as pessoas gostam de você ou pensam que você é semelhante a elas, é mais provável que digam sim
Consenso – ser guiado pelo comportamento e ações de outros

Você pode integrá-los à experiência do site para aumentar as conversões e reduzir o abandono. Algumas maneiras pelas quais os varejistas de comércio eletrônico podem fazer isso:

Frete grátis é um excelente exemplo de reciprocidade;
Vendas por tempo limitado, descontos e cupons usam o princípio da escassez;
Construir autoridade sendo uma fonte confiável de informações e usando marketing de conteúdo e SEO;
Alcance consistência fazendo perguntas às quais as pessoas podem dizer sim. Por exemplo, se você perguntar: “Você quer economizar tempo nas tarefas domésticas”, e as pessoas dizem que sim, elas estão preparadas para seguir com uma ação positiva;
Você pode ser simpático ao injetar personalidade em sua copy e mensagens de e-mail;
As avaliações do cliente ajudam a usar o princípio do consenso.

Ao usar esses princípios em todo o seu site, você torna menos provável o abandono do carrinho.

► Aprimore o CTA
A chamada à ação (CTA) também é essencial. Não estamos falando apenas sobre os botões “adicionar ao carrinho” e “comprar agora”. Também é importante ter outros CTAs que levem os visitantes às páginas dos produtos e até mesmo os incentivem a comprar mais.

Os CTAs devem inspirar ação. Mesmo que sejam geralmente curtos, eles:

Inclua palavras de ação / verbos como “compre”, “cadastre-se” ou “pegue”;
Use palavras de urgência, como “agora” ou “hoje”;
Destaque o valor ou benefício: “PDF grátis”, “treinamento especializado” e assim por diante;
Destaque-se no site para que estejam sempre visíveis;

Conclusão: Use técnicas de marketing persuasivas, como a inclusão de prova social na forma de análises de produtos ou o desenvolvimento de escassez com negócios limitados no tempo, para encorajar as pessoas a fazer check-out. Eles podem ser usados ​​em todo o site, incluindo na copy do produto e nas chamadas para ação, e no marketing off-page (como em anúncios de mídia social ou e-mails).

A seguir, vamos dar uma olhada na experiência do site, que pode eliminar 20 por cento de seus clientes, se você não acertar.

4. Otimize a experiência no seu site

Outro fator que ajuda a reduzir o abandono do carrinho de comércio eletrônico é otimizar a forma como os visitantes experimentam o seu site. E começa muito antes de chegarem à página de checkout.

Pense sobre este cenário. Um comprador adiciona algo ao carrinho e tenta encontrar outro item relacionado. Se ele não consegue descobrir onde aquele item está no site, ele sai e não compra nada.

Todas as estatísticas de comércio eletrônico apontam para um fato gritante: as pessoas querem que suas compras sejam pessoais, relevantes e rápidas – e que funcionem perfeitamente, independentemente do dispositivo que usam para fazer uma compra.

Você pode tornar seu site mais relevante:

Dividir as pessoas em categorias quando elas acessam seu site; por exemplo, peça que selecionem em qual área de seu site estão mais interessados ​​quando chegarem;
Personalização da navegação e pesquisa com base nos produtos que procuram;
Escondendo itens que não lhes interessam;

A Amazon, MercadoLivre, Netflix e diversas outras empresas fazem exatamente isso. Quando você acessa esses sites logado, o foco é o que você gosta, o que aumenta a probabilidade de você comprar.

Você também precisa cuidar da usabilidade do site. Jakob Nielsen cunhou esse termo, que abrange a capacidade das pessoas de navegar em seu site e saber o que fazer. Cada vez que os visitantes retornam ao seu site, eles devem se sentir mais confiantes de que sabem como tudo funciona. Otimizar a navegação e a pesquisa para ajudar as pessoas a encontrar produtos facilmente é uma grande parte disso.

Também é uma boa ideia verificar se há erros técnicos, especialmente na finalização da compra. Lembre-se de que qualquer coisa que atrapalhe a experiência de compra dos visitantes os afasta. Mas você também pode ajudar os visitantes incluindo um texto no site que simplesmente explica quaisquer erros de entrada de dados (como um usuário se esquecer de escolher um tamanho para a camisa que está tentando adicionar ao carrinho) e os ajuda a corrigir esses erros rapidamente.

Resumindo: não deixe que uma página ruim impeça as pessoas de fazerem check-out. Certifique-se de que seu site seja acessível, livre de bugs ou erros, fácil de navegar, personalizado e relevante para cada comprador e funcione corretamente em todos os principais navegadores da web.

5. Especialmente para celular

Como vimos antes, o celular impulsiona as vendas. É por isso que a otimização para celular é essencial. Mas o que exatamente isso significa em termos de abandono do carrinho?

Ter um site otimizado para celular é um dado adquirido hoje em dia, mas toda a experiência de compra deve funcionar no celular se você quiser minimizar o abandono do carrinho.

Cuidando da velocidade do site; um tempo de carregamento de mais de 5 segundos afastará os visitantes;
Usando navegação otimizada para celular, o que significa navegação que permite que as pessoas toquem, pinçam e apliquem zoom em vez de clicar
Tornando mais fácil adicionar itens ao carrinho e pagar por eles com uma solução de pagamento móvel;
Experimente verificar o seu site em seu próprio telefone celular e veja se você encontrou algum obstáculo;

Resultado: cada vez mais o comércio eletrônico acontece em dispositivos móveis, e isso significa que sua loja também precisa funcionar bem em dispositivos móveis. Certifique-se de que seu site carregue rápido, tenha uma navegação que funcione com gestos móveis, como tocar e beliscar, e que você ofereça suporte a soluções populares de pagamento.

6. Simplifique o check-out

Quanto menos barreiras houver para finalizar a compra, menor será a probabilidade de os visitantes abandonarem. Para ajudar a superar (o abandono do carrinho), os comerciantes precisam estar diligentemente cientes desse risco e procurar agradar quando se trata de tornar o processo de checkout mais eficiente. Velocidade, precisão, conveniência e confiança de que as informações do consumidor estarão seguras e protegidas são aspectos essenciais para ajudar a evitar o abandono do carrinho.

Uma das melhores maneiras de manter o checkout simples é remover o incômodo da criação de contas. Ou dito de outra forma: inclua uma opção de check-out de convidado. Isso permite que as pessoas comprem seus produtos e serviços sem criar uma conta. Assim que a compra for concluída, você pode oferecer a opção de criar uma conta. Se a compra tiver ocorrido sem problemas, é provável que os clientes queiram fazer isso. Você também pode incentivar a criação de uma conta oferecendo algo em troca (como um cupom de uma compra futura ou um download de bônus grátis).

A vitória mais fácil é remover redundâncias e campos de formulário desnecessários do seu processo de checkout.

Outras maneiras de simplificar o checkout incluem:

Removendo distrações na página;
Coletando apenas as informações de que você precisa;
Usando a tecnologia de pesquisa de endereço para limitar a quantidade de informações que as pessoas precisam inserir;
Preenchendo o endereço de cobrança automaticamente a partir do endereço de entrega;
Manter a finalização da compra em uma única página, sempre que possível;
Mostrar o progresso à medida que as pessoas concluem as etapas de checkout;
Você também pode reduzir o abandono do carrinho e aumentar as vendas usando a linguagem certa nas páginas de produto, carrinho e checkout.

As três frases mágicas são:

Os visitantes que visualizaram este produto também viram (responsável por 68,4 por cento da receita);
Os visitantes que visualizaram este produto acabaram comprando (25,1 por cento);
Você também pode gostar (16,1 por cento);

Por fim, para clientes habituais, você pode tornar a finalização da compra ainda mais fácil. Tudo o que você precisa fazer é armazenar suas informações de faturamento e envio e, em seguida, oferecer uma finalização de compra com um clique. (É aqui que a criação de uma conta pode ser um grande benefício para os usuários, então certifique-se de enfatizar por que eles desejam fazer uma conta quando você os encoraja a fazê-lo.)

Resumindo: processos de checkout complicados são um grande obstáculo, portanto, certifique-se de que o seu seja o mais simples possível. Não colete informações de que você não precisa, não distraia os clientes com CTAs não relacionados depois que eles entrarem no fluxo de checkout, mantenha o menor número de páginas possível e habilite o checkout como convidado.

7. Ofereça várias opções de pagamento

Quando você está em uma loja e um cartão de crédito específico não funciona, o que você faz? A maioria das pessoas simplesmente procura outro meio de pagamento.

Seus clientes online também precisam ser capazes de fazer isso. É por isso que é essencial oferecer várias opções de pagamento. Se você só aceita cartões de crédito ou, pior, apenas um tipo de cartão de crédito, é um tapa na cara para quem não tem sua opção preferida.

Em contraste, se as pessoas puderem escolher a opção que desejam, terão muito menos probabilidade de abandonar seus carrinhos se uma determinada opção não funcionar (e será menos provável que não vejam sua opção favorita). As opções de pagamento digital e móvel agora são essenciais. Mesmo as pessoas que não gostam de compartilhar suas informações de cartão de crédito ficarão felizes em pagar com facilidade e segurança. E 44% dos compradores ficam felizes em adicionar seu cartão de crédito a uma solução de pagamento móvel e, em seguida, pagar com ele.

Resumindo: muitos compradores não comprarão se não virem o método de pagamento de sua preferência, portanto, a integração de opções adicionais pode aumentar imediatamente suas taxas de conclusão de pedido. Como muitas compras online agora acontecem no celular, é importante oferecer suporte a métodos de pagamento móvel e, se você tiver clientes em países fora do seu, verifique quais métodos de pagamento populares estão disponíveis em cada país.

8. Use e faça SEO

Quer saber o que a otimização de mecanismos de pesquisa (SEO) tem a ver com o abandono do carrinho? Você já pesquisou por um produto, clicou em um link e voltou ao mecanismo de pesquisa porque não era o que você queria? Nós também. Isso é chamado de “pogosticking” e é ruim para a classificação dos resultados de pesquisa.

O fato é que o quão bem você otimizou sua página para pesquisa informa ao Google e aos pesquisadores o que eles encontrarão em seu site. Se eles encontrarem o que você promete, provavelmente o comprarão. Se não, está de volta à prancheta.

Portanto, certifique-se de fornecer descrições precisas de páginas e imagens – isso significa mais visitantes felizes e mais vendas.

E se você quiser preparar a experiência de compra para o futuro, otimize seu site para que os visitantes possam comprar por voz.

Resumindo: quando um cliente chega da pesquisa e não encontra o que procura, ele não compra. Quando eles abandonam seu site, isso prejudica a taxa de abandono do carrinho e sua classificação de pesquisa.

9. Apoie a venda

Se as pessoas tiverem problemas para concluir uma compra, oferecer um pouco de suporte no momento certo pode ajudar a salvar a venda. Por exemplo, você pode:

Oriente-os durante a compra com ajuda na tela e mensagens de erro informativas;
Forneça perguntas frequentes, para que eles possam solucionar os erros sozinhos;
Ofereça chat ao vivo, para que os compradores possam falar com uma pessoa real sobre suas preocupações;

Este último é cada vez mais importante. O resumo de estatísticas de chat ao vivo mostra que 30% dos clientes agora esperam que você tenha um chat ao vivo em seu site. E esse número é mais do que o dobro se o cliente estiver usando um dispositivo móvel. O chat ao vivo também traz de volta visitantes recorrentes e aumenta o valor médio do pedido.

Você também pode usar pop-ups para incentivar os visitantes a entrar em contato se tiverem dúvidas. Com o incentivo certo, você fornecerá um serviço para eles e obterá detalhes de contato – eles serão úteis mais tarde.

Conclusão: muitos compradores abandonam carrinhos de compras porque não conseguem obter respostas para suas perguntas sobre seus produtos, políticas ou pagamento. Certifique-se de dar aos clientes ampla oportunidade de entrar em contato com você durante a finalização da compra, para que eles possam fazer perguntas e solucionar quaisquer problemas que possam encontrar.

10. Esteja sempre testando

Finalmente, teste, teste e teste novamente. O teste de divisão (A/B) pode ajudá-lo a otimizar todos os aspectos do seu site, desde os títulos, imagens do produto e descrições até a própria página de checkout.

Conclusão: Não existe uma solução única para o abandono do carrinho de compras de comércio eletrônico. O que funciona para o Comerciante A pode não funcionar para o Comerciante B, então experimente as dicas acima, meça os resultados e ajuste conforme necessário para encontrar a solução certa para sua loja.

Como recuperar vendas perdidas após o abandono do carrinho

Temos boas notícias e más notícias.
O bom: você tem praticamente a garantia de reduzir a taxa de abandono de seu carrinho de comércio eletrônico com as dicas que compartilhamos acima.

O ruim: algumas pessoas ainda vão abandonar seus carrinhos. É inevitável. Mas não se preocupe; temos mais algumas estratégias para ajudá-lo a trazê-los de volta ao seu site para concluir a venda.

11. Aproveite o poder dos anúncios de retargeting

Quando se trata de recuperação de carrinho, os cookies são seus amigos. Esses são pequenos arquivos de dados que carregam informações anônimas (principalmente) sobre onde seus visitantes estiveram em seu site e o que viram. Você pode alimentar essas informações em redes de anúncios, como Google Ads, Facebook ou Instagram, para que, quando as pessoas visitam um site completamente diferente, vejam os anúncios dos produtos que deixaram para trás.

Você costuma ver isso em ação no Facebook. Para isso, você precisar ter o pixel do Facebook em seu site. Em seguida, você pode criar um público-alvo personalizado e exibir anúncios de retargeting.

Você também pode usar o redirecionamento de email.

12. Enviar e-mails de recuperação de carrinho abandonado

Uma das técnicas mais poderosas para recuperar carrinhos abandonados é enviar e-mails para lembrar as pessoas sobre o que deixaram para trás. De acordo com a Salesforce, vale totalmente a pena: se você enviar um e-mail de abandono do carrinho em um dia, poderá recuperar 60 por cento das vendas.

O melhor conselho sobre e-mails de abandono sugere:

Envie um em algumas horas, verificando se houve erros técnicos ou outros problemas que os impediram de concluir a venda e lembrando-os do que deixaram para trás;
Envie um segundo dentro de 24 horas, com um lembrete do conteúdo do carrinho e, potencialmente, incluindo um desconto;
Envie um terceiro em 48 horas, oferecendo (ou reiterando) um desconto ou outro incentivo para concluir a venda e empregando a técnica de persuasão da escassez (como dizer aos clientes que seu carrinho irá expirar em breve);

A boa notícia aqui é que existem ferramentas que criarão e enviarão automaticamente e-mails de abandono, rastrearão seu sucesso e permitirão que você ajuste facilmente sua estratégia conforme você avança e nós temos esse recurso disponível para as lojas vituais.

Nós do LeadSites podemos ajudá-lo a recuperar carrinhos abandonados com o seu ecommerce feito conosco.

É isso! Agora você conhece todas as práticas recomendadas de abandono de carrinho de ecommerces para ajudá-lo a recuperar mais vendas.

Outros artigos no blog

Correios ou Transportadora: qual é melhor para seu e-commerce?

Correios ou Transportadora: qual é melhor para seu e-commerce?

Um fator importante para oferecer uma boa experiência de compra no e-commerce é garantir uma entrega rápida, eficiente, transparente e econômica. A escolha entre Correios e transportadora, as duas principais opções de logística para o comércio eletrônico, tem de ser...

ler mais